A exposição "Desenhar a Moeda - o Mar" será inaugurada no dia 14 de junho de 2018 na Galeria Morgados da Pedricosa, em Aveiro, pelas 15h00. A cerimónia decorrerá a par da entrega do prémio do concurso promovido pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM), em parceria com a Câmara Municipal de Aveiro (CMA), que este ano teve como tema "O Mar" e foi atribuído a Ísis Martins, aluna da Escola Básica João Afonso - Agrupamento de Escolas de Aveiro, cujo desenho será cunhado numa moeda de coleção a integrar o Plano de Moedas Comemorativas da INCM para 2019.

Mais de 800 alunos do 2.º e 3.º ciclos do ensino básico, de 7 Agrupamentos de Escolas do Município de Aveiro, participaram no concurso, tendo o júri sido constituído por Raquel Henriques da Silva (professora de História de Arte), André Letria (designer), Miguel Arruda (arquiteto e membro do Conselho Numismático da INCM), Cláudio Garrudo (fotógrafo e artista plástico) e Ana Gomes (chefe da Divisão de Cultura e Turismo da CMA). Esta exposição visa sensibilizar o universo escolar para a riqueza cultural, patrimonial e artística da moeda.

Descarregue o catálogo aqui

«O Futuro – desenhos de moedas de alunos das escolas de Setúbal» foi o primeiro concurso lançado às escolas para desenhar uma moeda. O desafio proposto pretendeu um olhar original, não erudito, sobre o tema «O Futuro», e sensibilizar crianças e jovens para a dimensão cultural e patrimonial da moeda.

Promovido pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM), em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal, o concurso deu origem a uma exposição dos trabalhos selecionados na Galeria Municipal do Banco de Portugal naquela cidade. Mais tarde a exposição migrou para o Museu do Dinheiro em Lisboa.

Mais de oitocentos alunos, de oito escolas de Setúbal, participaram neste concurso, cujo vencedor - Martim Estanislau, aluno da Escola Básica de Azeitão - verá o seu desenho cunhado numa moeda (com valor facial de cinco euros) a integrar o Plano de Moedas Comemorativas de 2017 da INCM, recebendo ainda um prémio monetário no valor de dois mil euros, juntamente com um prémio monetário atribuído à sua escola.

O júri, constituído por André Letria (ilustrador), Rui Vasquez (escultor), Raquel Henriques da Silva (professora de História da Arte), Rodrigo Lucena (vogal do Conselho de Administração da INCM) e Celeste Paulino (Câmara Municipal de Setúbal) selecionou um total de 84 trabalhos e elegeu o vencedor.

 

 

Descarregue o catálogo aqui