Perguntas frequentes

O Museu Casa da Moeda apresenta-se como “novo”, mas na realidade tem uma história antiga que começa no dia 25 de janeiro de 1777, quando a coroa portuguesa emite um aviso oficial, assinado pelo Marquês de Pombal, que mandava guardar “huma moeda de cada cunho, e qualidade de metal, que se puderem hir achando, não só deste Reino, mas geralmente de todas as partes do Mundo (…) ”. A inauguração oficial do Museu Numismático Português (actualmente Museu Casa da Moeda) foi a 28 de maio de 1946 e atualmente o espaço físico do Museu encontra-se fechado ao público mas terá as suas instalações permanentes em www.museucasadamoeda.pt

O Museu Casa da Moeda é um museu digital on-line mas com todas as valências de um museu físico, onde se apresenta o vasto espólio da Casa da Moeda, com uma coleção permanente, exposições temporárias, serviço educativo, loja do museu e edições próprias.

Podem ser vistas aqui no site do Museu em www.museucasadamoeda.pt . Além disso, parte do espólio pode ser visto em exposições temáticas no átrio principal do edifício da Casa da Moeda ou noutros museus que têm acolhido as nossas peças.

Atualmente o Museu Casa da Moeda tem mais de 35.000 moedas e 9000 medalhas.

Todos os produtos do Museu Casa da Moeda e da Imprensa Nacional Casa da Moeda podem ser adquiridos on-line em https://www.incm.pt/portal/loja_main.jsp e nas lojas INCM de Lisboa, Porto e Coimbra.

Realizam-se visitas dirigidas a instituições de ensino nas instalações da Imprensa Nacional Casa da Moeda, sessões sobre numismática nas escolas e outras atividades específicas.

Sim. Podem ser feitas visitas com marcação prévia a turmas até 30 alunos e são gratuitas.

Não. O Museu Casa da Moeda é uma instituição voltada para a divulgação do património numismático e medalhístico da Imprensa Nacional-Casa da Moeda, pelo que não se efetuam compras nem se fazem avaliações de moedas, notas e medalhas a título particular.