Conversas e debates no Museu do Dinheiro “Onde estávamos há 20 anos?”

Neste ciclo de conversas concebido pelo Museu do Dinheiro, assinalam-se os 20 anos do euro numa perspetiva cultural, estética e económico-social. Os debates realizam-se aos sábados, têm a duração de 90 minutos e são dirigidos a adultos e jovens com mais de 14 anos.

O próximo debate acontece no dia 13 de julho, sob o título “Do escudo ao euro: o desenho do nosso dinheiro pelo artista Luís Filipe de Abreu”. A entrada é livre, mas está sujeita a marcação prévia.

Encontre toda a programação e mais informações aqui.

«A moeda única, o Euro, que usamos no dia-a-dia, nasceu há 20 anos. Para uns parece que foi ontem. Outros nem se lembram de alguma vez ter usado outra moeda. Afinal, como recebemos a chegada de um dinheiro novo, desconhecido, com contas que não eram fáceis de fazer? E que memórias se guardam da antiga moeda portuguesa? Como foi a transição e a partir de quando foi preparada? O que há de cada um de nós neste dinheiro que nos habituámos a usar, já sem prestar atenção. Neste ciclo de conversas, assinalam-se os 20 anos do Euro numa perspetiva cultural, estética e económico-social com artistas e gestores que falam na primeira pessoa sobre o desenho de notas e moedas, os concursos internacionais para o Euro e a preparação da complexa operação de mudança para uma nova moeda. O que realmente mudou é a pergunta a que o público é incitado a responder, revisitando as suas próprias vivências.»

Fonte: museudodinheiro.pt