As medalhas feitas de lixo eletrónico para os Jogos Olímpicos 2020 em Tóquio

Todas as medalhas feitas para os próximos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de verão, em Tóquio, serão produzidas a partir de pequenos materiais eletrónicos reciclados, como smartphones, câmaras digitais, jogos e computadores portáteis, entre outros gadgets.

Os organizadores esperam conseguir extrair destes aparelhos eletrónicos obsoletos a quantidade de ouro, prata e bronze que é necessária para o fabrico das medalhas até ao final do presente mês.

Este conceito já tinha sido implementado nos Jogos Olímpicos anteriores, no Rio de Janeiro, com 30% das medalhas de prata e bronze com origem em materiais reciclados.

Segundo o The Japan Times, toda a eletricidade utilizada em todos os locais, incluindo a Aldeia Olímpica, será inteiramente proveniente de fontes de energia renováveis, a fim de promover a descarbonização. O comité também planeja usar os serviços de aluguer para que 99 por cento dos bens adquiridos para os jogos sejam reutilizados ou reciclados.

O design das medalhas dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 será revelado ainda este ano.

 

Fonte: theguardian.com